Alunos e professores comentam primeira fase dos vestibulares



1

A primeira fase dos vestibulares mais concorridos do país aconteceu nas últimas semanas e, nas próximas, os candidatos enfrentarão a 2ª fase, almejando a tão sonhada vaga em uma das principais faculdades e universidades do Brasil.

Para saber como foi essa primeira etapa e as perspectivas do que vem por aí, conversamos com professores e alunos do Colégio Rodin e Rodin Vestibulares, de Indaiatuba (SP), que participaram das provas deste ano da UNESP, UNICAMP e FUVEST.

Barbara Araújo, aluna do Rodin Vestibulares, fez, pela primeira vez, a prova da UNESP (candidata para vaga de Medicina) e da UNICAMP (Biologia). Ela comenta que enfrentou mais dificuldade em responder as questões da primeira. “Achei que o nervosismo atrapalhou um pouco e as questões da UNESP estavam mais complexas. A da UNICAMP, em geral, estava razoável. Estou confiante! ”, afirmou.

Aluno do 3° ano do Ensino Médio, Thiago Giove fez os três vestibulares: UNESP, UNICAMP e FUVEST, todos na disputa por uma vaga no curso de Biologia. Ele diz que as questões de Biologia e Química estavam relativamente “fáceis”. “O vestibular da UNICAMP estava um pouco mais difícil e senti mais dificuldade em responder algumas perguntas na área de Humanas”, contou.

Alex Sandro Galdino, do Rodin Vestibulares, está aguardando ansioso o resultado final das provas da primeira fase. Ele quer ser engenheiro mecânico e participou dos três vestibulares. “As questões da FUVEST foram as mais complicadas. Nos demais, não tive muita dificuldade”, falou.

O professor de História do Colégio Rodin Valdir Picheli avaliou a prova da primeira fase dos três vestibulares e enfatizou que mantiveram o nível dos exames anteriores. “As questões de História, na prova da UNICAMP, foram as mais elaboradas em minha opinião e trouxeram temas mais interessantes e atuais”, destacou o docente.

De acordo com o professor de Biologia Thiago Dini, as provas dos três vestibulares mais concorridos não surpreenderam. “Na área de Biologia, a UNESP apresentou questões de dificuldade intermediária, sem grandes complicações, focadas em assuntos da atualidade, como a crise hídrica e a dengue. A FUVEST não fugiu de seu padrão habitual, como sempre muito objetiva, testando a capacidade dos alunos em administrar o tempo”.

Ainda, para Dini, a prova da UNICAMP foi a mais exigente de todas. “O nível foi muito bom! Apresentou conteúdo mais aprofundado, adequado ao que pretende, que é selecionar candidatos para uma próxima etapa”, enfatizou o professor.

As listas de aprovados da primeira fase da UNESP, FUVEST e UNICAMP serão divulgadas ainda neste mês de dezembro. Confira as datas da segunda fase: a prova da UNESP acontecerá entre os dias 13 e 14/12; a da FUVEST será realizada em janeiro de 2016, nos dias 10, 11 e 12 e a segunda etapa da UNICAMP também será realizada em janeiro de 2016, nos dias 17, 18 e 19.

O Colégio Rodin está localizado na Rua Padre Anchieta, 484, Jardim Pau Preto, em Indaiatuba. Mais informações sobre a escola podem ser obtidas pelo telefone: (19) 3392-6008, site: www.colegiorodin.com.br ou Facebook: www.facebook.com/colegiorodin.