2º Sarau Rodin é sucesso de público destacando diversidade cultural brasileira



Rodin_Sarau_2015_imagem_destacada_1280x720

Mais de 500 pessoas prestigiaram o evento, que arrecadou alimentos para associação de deficientes visuais.

Depois do sucesso da 1ª edição, em 2014, o Colégio Rodin realizou a 2ª edição do Sarau Rodin, no dia 27/10/2015.

Com o tema “Regionalismo: Arte e Resistência no Brasil”, alunos do Ensino Fundamental e Médio, além de convidados, protagonizaram belíssimas apresentações de dança, música, canto, teatro e poesia sobre a diversidade da cultura brasileira. As participações especiais ficaram por conta da Miss Indaiatuba 2016, Nathália Querino, do CTG (Centro de Tradições Gaúchas) de Indaiatuba e das companhias de dança Galpão 1 e Estúdio em Cena, de Indaiatuba, e Domínio Público, da UNICAMP.

O idealizador do evento, Emerson Bastos, explica que o intuito do 2º Sarau Rodin foi propiciar aos alunos e participantes o contato com elementos que compõem a rica cultura do Brasil, valorizando hábitos e mantendo acesa a memória popular. “Em oportunidades como esta são despertados os talentos artísticos e literários dos alunos, e nada melhor do que reunir essas habilidades com a arte brasileira. Mantemos, assim, as tradições e costumes vivos em meio à massificação de culturas”, ressalta o educador.

O professor de Literatura do colégio, Leandro Silva, destaca a importância do evento para o estímulo à pesquisa sobre as diferentes culturas regionais existentes no país. “Além de despertar os talentos de cada estudante, o sarau permitiu que praticassem o que aprenderam em sala de aula”, pontua o professor.

Amanda Borella, estudante da 2ª série do Ensino Médio, conta que os pais assistiram às atividades e elogiaram as performances. “Minha turma empenhou-se muito para que todas as apresentações saíssem perfeitas”, ressalta.

Para a aluna do 8° ano do Ensino Fundamental Karoline Dias, o colégio sempre promove ótimas ações de interação entre pais, alunos e professores. “Um dos diferenciais do colégio é que os alunos têm a liberdade para criar e reinventar, a todo instante”, frisa.

Elias Francisco da Silva, pai do aluno João Pedro Pianissoli, do 7° ano, comenta sobre a relação de parceria entre a escola e a família e a importância da promoção da cultura. “O colégio está de parabéns! Conhecer os movimentos artísticos é essencial para o repertório cultural de cada um e estou muito satisfeito ao ver que meu filho tem a oportunidade de aprimorar seu conhecimento participando de eventos culturais como este”.

O ingresso social para o 2º Sarau Rodin foi um quilo de alimento não-perecível ou um litro de leite e todos os donativos arrecadados foram encaminhados para a Associação Ituana de Assistência aos Deficientes Visuais (AIADV).